Secretaria de Agricultura

Secretário: José Ivaldo Brandão de Morais
Endereço:
Centro Social Urbano, s/n, Alvorada, CEP: 55.865-000, Macaparana – PE
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira, das 8:00h às 12:00h e das 14:00h às 16:00h
Contatos: 81 3639-1156 | Clique e acesse o blog institucional


Competência e Atribuições:

Cabe a Secretaria de Agricultura, promover programas de fomento e incentivos fiscais às atividades industriais, comerciais e serviços compatíveis com a vocação da economia local; incentivar e orientar a formação de associações e cooperativas e outras formas de organização, voltadas ao comércio, indústria e serviços, visando ao desenvolvimento do Município; integrar-se com organismos, tanto de âmbito governamental quanto da iniciativa privada, visando ao aproveitamento de incentivos e recursos para o desenvolvimento da indústria e do comércio; difundir informações socioeconômicas que visem atrair investimentos e instalações nas áreas do comércio, indústria e serviços; promover a realização de cursos e palestras, em convênio com entidades públicas e privadas, que visem aprimorar o setor comercial, industrial e serviços; planejar, promover, articular, coordenar, executar e avaliar as políticas públicas municipais voltadas ao desenvolvimento turístico do Município; prover a estrutura e a ordenação turística no Município; organizar e difundir programas anuais de festas e diversões públicas que tenham interesse turístico; realizar parcerias e convênios para a promoção de eventos, congressos e feiras em âmbito local, regional e nacional; analisar e executar políticas de ação visando valorizar os aspectos de interesse turístico do Município; planejar, programar, organizar, coordenar e controlar a execução das atividades relacionadas com: pesquisa e difusão de tecnologia; abastecimento; assistência técnica e extensão rural; formular e executar a política agrícola do Município, no âmbito de sua competência, em articulação com outros órgãos componentes; desenvolver e aprimorar as atividades rurais no município; divulgar, por meios adequados, as modernas técnicas de agrícolas e pastoris, visando o aumento de produção e a melhoria da qualidade; Orientação do pequeno produtor rural no uso e manejo do solo, segundo sua aptidão agrícola, visando à otimização da renda do produtor rural e a preservação permanente do solo; promover a obtenção junto a órgãos estaduais e federais, por compra, doação ou permuta de mudas e sementes selecionadas; articular-se com órgãos estaduais e federais que exerçam atividades relacionadas com a produtividade rural, com a finalidade de estabelecer diretrizes para ação conjunta; promover medidas visando a fixação do homem rural ao campo para evitar o êxodo rural; promover a mecanização agrícola planejada e orientada para o aproveitamento do equipamento e redução de sua ociosidade; promover sistema de acompanhamento, avaliação e controle dos projetos de combate a aftosa, raiva, tuberculose e outros males animais; promover medidas, visando a adoção de corretivos e fertilizantes no solo, com a preocupação do seu adequado uso e a conservação da saúde humana e animal; incentivar o florestamento e reflorestamento.

Pular para o conteúdo