Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014
 

A cidade recebe anualmente, mais de 50 mil visitantes em busca das atrações turísticas e culturais que fazem de Macaparana um dos municípios mais visitados da região. A Pedra da Mascarenhas, A Casa de Reboco, cenário das festividades Juninas do município, a Cavalgada Ecológica, os engenhos, as trilhas nas matas, as competições esportivas e a culinária especializada das mulheres de Macaparana, entre outras atividades, atraem com bastante entusiasmo, visitantes de várias cidades e estados.

 A Prefeitura Municipal de Macaparana, aproveitando o potencial natural da cidade para o turismo, tem investido no setor, proporcionando eventos que permitem ao visitante, juntar o útil ao agradável. A festa junina do município está entre as cinco melhores do Estado de Pernambuco.

Cavalgada da Natureza


A Cavalgada da Natureza de Macaparana , anteriormente denominada de Cavalgada Ecológica, é realizada anualmente desde 1997, e, aliada a Casa de Reboco, transformou-se no maior e mais importante evento turístico do município e um dos melhores da região. A Cavalgada acontece no segundo domingo de junho e conta com mais de mil cavaleiros e amazonas que se deslocam de suas cidades para o encontro festivo.

A Cavalgada se concentra no distrito de Pirauá, com um típico café da manhã. Os participantes percorrem 18 quilômetros da trilha entre matas, sítios, fazendas e engenhos, até a Casa de Reboco, onde são recebidos ao som do forró. A festa tem continuidade até o dia raiar.

O evento é organizado pela secretaria de Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esportes. Para maiores informações, entrar em contato com a secretária Gracinete Monteiro (81- 3639.1156/ 9905.2009/ 8411.3293) ou com o diretor de Eventos, Luiz Sebrae (81- 9907.6306).

 

Cruzeiro de Macaparana

Na foto a Igreja de São Francisco que foi construida por D. Olívia de Morais Cavalcanti (mãe do Dep. Maviael Cavalcanti)e foi inaugurada no dia 04/11/1983.


Vista panorâmica da cidade, apreciada do ponto mais alto, o Cruzeiro de Macaparana

Visite a comunidade do Cruzeiro de Macaparana no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=6334294

Orquídeas de Paquevira

A localização do Sítio Paquevira tem o clima abaixo do tradicional na região. Isso acontece porque o local está no topo da serra do Pirauá, o ponto mais elevado do município de Macaparana. Em alguns dias do ano, o clima chega aos 10º centígrados favorecendo a preservação de espécies raras de orquídeas. As flores raras e de preço elevado no comércio internacional, são encontradas facilmente em árvores a margem da estrada ou nos muitos sítios de Paquevira.

Para ver de perto essa maravilha da natureza é só seguir rumo ao distrito de Pirauá, há 10 quilômetros da sede.

 

Pedra da Goiana

Esse belo e religioso local é composto por uma alta formação rochosa, sobre a qual se ergue uma ermida em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Sua localização é de fácil acesso pela estrada de terra que liga a distrito de Pirauá ou a Vila de Poço Comprido, rumando para a Serra do Aburá, aproximadamente 12 quilômetros do centro da cidade.

No local também se pratica caminhadas em trilhas pela mata e estudos sobre a biodiversidade de vegetais existentes na região.

 

Missa do Vaqueiro

A Missa do Vaqueiro da Igreja de Monte Alegre, acontece sempre todo último domingo de novembro. É um evento religioso e cultural idealizado no ano 2000.

O evento tem buscado divulgar as belezas naturais da paisagem do antigo engenho monte alegre, e ainda os contos e lendas que ali resistem ao longo do tempo, tais como: a lagoa onde os sapos não cantam, os fantasmas guardiões das butijas enterradas pelos antigos senhores de engenho, entre outras.

A beleza natural do lugar, aliada a riqueza de sua história, seu clima e sua estratégica localização geográfica o credencia como um dos maiores potenciais turísticos do município.

Uma das finalidades da realização anual da Missa do Vaqueiro naquela localidade, é tornar a festa num atrativo e consequentemente iniciar um processo de exploração turística.

 

A Cavalhada (Argolinha)

A Cavalhada de Macaparana já faz parte do calendário turístico do município. A festa reúne anualmente cerca de 200 competidores que durante dois dias cavalgam em busca da vitória.

O elemento básico para se sair bem na Cavalhada é montar um bom cavalo. Porém, a agilidade do cavaleiro pode definir um campeão. A competição é realizada na arena de cavalhada do Centro Social Urbano do município entre os meses de outubro e dezembro.

 

Festa Junina

É no mês de junho que acontecem as principais manifestações culturais de Macaparana. No dia de Santo Antônio, São João e São Pedro, a prefeitura promove festas no principal pólo junino do município, a famosa Casa de Reboco, uma espécie de palhoça que toma conta de toda a avenida principal da cidade. É lá que acontecem as apresentações de bandas de forró consagradas pela mídia, artistas da terra e grupos de forró pé de serra.

O evento atrai milhares de turistas do Nordeste e do Brasil. O autêntico forró pé de serra é valorizado através de uma vasta programação que valoriza a cultura popular, destacando o tradicional encontro de sanfoneiros que acontece anualmente no dia 24 de Junho.

 

Artesanato

O artesanato local, além de mostrar as qualidades artísticas da população, permite uma renda adicional a muitas famílias envolvidas na confecção de obras primas como bordados, rendas, vinhos e arranjos.

Atualmente, com o incentivo da Prefeitura Municipal, vários grupos de artesãos do município estão passando por programas de reciclagem e aperfeiçoamento profissional.

    

Para obter mais informações, fotos, sobre o artesanato de macaparana acesse a comunidade da
AMAM - Associação Mista dos Artesãos de Macaparana no orkut
http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?origin=is&uid=14106479750653285004

 

Museu Moura Cavalcanti

O antigo casarão da prefeitura abriga o acervo do ex-governador de Pernambuco, José Francisco de Moura Cavalcanti, natural de Macaparana. Relíquias de quando o político governou o Estado, com grande número de comendas, medalhas, premiações e objetos pessoais, além da árvore genealógica, podem ser conferidos no local.

Perfis de outras personalidades políticas de Macaparana também estão expostos nas paredes do Museu, local que hoje atrai vários visitantes de outras regiões do Estado.

 

 

Museu Anita Moraes

O casarão da “Matriarca de Macaparana”, Dona Anita Moraes, abriga o legado de uma das mais importantes figuras femininas da política pernambucana. Vereadora por cinco mandatos, Anita Moraes foi a primeira prefeita de Pernambuco.

No antigo casarão é possível passear pela história da política macaparanense, que se confunde com a política pernambucana.


 

 
 









 
 

 Ir para o topo

Prefeitura Municipal de Macaparana

Rua Dr. Antonio Xavier, S/N centro - CEP: 55865-000 - Macaparana-Pernambuco | Telefone:(81) 3639-1156 / (81) 3639-1216
CNPJ: 11.361.888/0001-04